A importância do ESG para as organizações

A importância do ESG para as organizações

O termo ESG tem aparecido e feito cada vez mais parte do dia a dia das organizações. Mas, afinal o que é ESG e qual a importância dele? ESG é a sigla em inglês para “Environmental, Social and Governance” (Ambiental, Social e Governança) e tem como propósito definir se as organizações possuem boas práticas de negócios que abranjam esses três aspectos.  

Apesar de estar sendo difundido com maior força agora, o termo ESG data de 2004 em uma publicação do Pacto Global em parceria com o Banco Mundial, chamada “Who Cares Wins”. O ESG surgiu de uma provocação do então secretário-geral da ONU, Kofi Annan, a CEOs de empresas financeiras sobre integrar fatores ambientais, sociais e de governança no mercado de investimentos.  

O ESG passa a ser um guia para as boas práticas de negócios de uma empresa, isto é, ele diz se uma empresa é uma escolha viável para investimentos sustentáveis e aptos de gerar impactos positivos tanto nas questões financeiras quanto nas sociais e ambientais.   

Dentro de cada aspecto do ESG são verificadas ações que as organizações realizam e podem realizar. Não há obrigatoriedade dessas empresas atuarem da mesma forma dentro de cada âmbito do ESG. Mas, quais são as ações de ESG que investidores do mercado costumam levar em consideração nas organizações? 

  • Em relação às questões ambientais, é verificado se a empresa conta com ações relativas às mudanças climáticas e emissão de carbono, por exemplo. A utilização de recursos naturais, o descarte de resíduos, além de medidas que possam amenizar problemas causados pela própria operação também são levados em conta.  
  • No âmbito social é observado se as empresas têm ações voltadas ao desenvolvimento da saúde, segurança e diversidade no ambiente de trabalho. Aqui também está relacionado a atividades e projetos sociais com a comunidade que cerca a empresa. 
  • Por fim, mas não menos importante, estão ações de governança que estão diretamente relacionadas ao investimento propriamente dito. É imprescindível que as organizações não se envolvam em fraudes ou escândalos e possua políticas administrativas claras, independentes e que sejam transparentes.   

Nesse sentido, o ESG é importantíssimo para a condução de negócios das organizações modernas. O Leo Social acredita e trabalha dia após dia para estar cada vez mais alinhado às boas práticas de ESG. Conheça nossos projetos e trabalhos em www.leosocial.org.br

Foto: Thithawat_s / istockphoto

+ Notícias

Curta e compartilhe!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support