Dica: uso de fibras para compor o design de móveis

Dica: uso de fibras para compor o design de móveis

Cadeira de madeira com encosto de fibra de papel vegetal.

Durante a Formóbile 2022, maior evento do setor moveleiro da América Latina, diversas tendências de mercado foram apresentadas. Uma delas foi o uso de fibras para compor o design de móveis.  

Apesar de não ser algo relativamente novo, a junção de fibras em móveis ainda é uma tendência. Essas fibras podem compor desde encostos para cadeiras de madeira a mesinhas de centro, além de diversos objetos de madeira feitos artesanalmente.  

Existem fibras naturais, que podem ser de origem vegetal e mineral; e também fibras sintéticas, derivadas de compostos químicos como o poliéster. Ambos os tipos são bastante utilizados.  

Na indústria de móveis, as fibras naturais mais utilizadas costumam ser as de origem vegetal. Fibras de vime, bananeira, rattan, junco e bambu são as mais comuns de serem comercializadas para o setor moveleiro.  

Apesar de resistentes, as fibras naturais não devem ser expostas ao sol ou chuva. Por isso, é ideal aplicá-las em móveis para ambientes internos. E além disso, o ideal é protegê-las com verniz ou selador.  

Já as fibras sintéticas são componentes ideais para móveis de área externa, como piscinas, jardins, etc. Isso ocorre por que elas têm maior resistência ao sol e à chuva. Sem contar que são mais resistentes e versáteis que as fibras naturais.

+ Notícias

Curta e compartilhe!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support