Dobradiça reta, curva ou super curva: qual usar?

Dobradiça reta, curva ou super curva: qual usar?

Na hora de fazer móveis como armários, estantes e outros que necessitem de portas, é imprescindível que o marceneiro (a), montador (a) e profissional do setor moveleiro saiba trabalhar com diferentes tipos de dobradiças.  

Dobradiças são ferragens essenciais que garantem sustentação e funcionalidade para abertura e fechamento de portas dos móveis. As de pressão, comuns na aplicação de móveis, possuem outras funcionalidades importantes, como aumentar a durabilidade do móvel e otimizar espaços.  

Existem diferentes tipos de dobradiças de pressão para móveis, como as simples e as de piano. Neste post, falaremos das três mais utilizadas no mercado: as retas, as curvas e as super curvas.  

Dobradiças retas 

As dobradiças retas são as mais comuns. São indicadas para móveis com portas sobrepostas que necessitam de um fechamento total, isto é, móveis simples de duas portas ou módulos de roupeiros modulados.  

Além disso, as dobradiças retas possuem uma limitação de abertura, ou seja, elas não abrem ângulos maiores que 90°.  

Dobradiças curvas  

No caso das dobradiças curvas, elas são recomendadas para portas parcialmente sobrepostas, ou seja, móveis que contam com uma sequência de portas. As dobradiças curvas permitem que uma porta não atrapalhe a abertura das demais.  

Armários, roupeiros e balcões com mais três portas ou mais na mesma caixaria são alguns dos móveis em que podemos aplicar essas dobradiças. Diferentemente das dobradiças retas, as curvas abrem ângulos maiores que 90°. 

Dobradiças super curvas 

Já as dobradiças super curvas são aquelas feitas e indicadas para portas embutidas à lateral do móvel. Elas são instaladas na parte interna do móvel, ficando invisíveis e aparecendo somente quando a porta é aberta.  

Obviamente assim como as dobradiças curvas, as dobradiças super curvas também abrem ângulos maiores que 90°. 

Dicas na hora de escolher qual usar 

Na hora de aplicar dobradiças no móvel, é preciso levar em consideração: 

  • O tamanho e peso da porta: o tamanho e o peso da porta influenciam na quantidade de dobradiças que você irá utilizar. Em portas grandes e pesadas, geralmente são utilizadas três ou mais. Porém, em portas menores, duas são necessárias.  
  • O tamanho do caneco: também é fundamental saber o tamanho do caneco, isto é, o diâmetro dos furos do encaixe. Existem canecos com diversos diâmetros, os mais comuns são os de 26mm, 35mm e 45mm.  
Em resumo, as dobradiças retas, curvas e super curvas são ideais para: 

  • Retas: portas alinhadas à lateral do móvel 
  • Curvas: portas parcialmente alinhadas à lateral do móvel
  • Super curvas: portas embutidas à lateral do móvel 

Por isso, a dobradiça que você irá utilizar depende do móvel que você estiver trabalhando e como você deseja que seja a abertura e fechamento das portas.

Curso de Marcenaria Intermediária

No curso de Marcenaria Intermediária da Escola da Marcenaria do Leo Social, abordamos esses três tipos de dobradiças durante as aulas e o aluno ainda faz uma aplicação prática. Conheça o curso e inscreva-se já (clique aqui). 

+ Notícias

Curta e compartilhe!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support