Indústria moveleira: governo amplia corte no IPI para 35%

Indústria moveleira: governo amplia corte no IPI para 35%

O governo federal publicou um novo decreto que reduz o IPI para 35%. Divulgado na sexta-feira, 29 de abril, o decreto amplia o corte de 25% para 35% da alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que passou a valer a partir de 1º de maio de 2022.  

Produtos da indústria moveleira, como móveis, estão abarcados no decreto. Além disso, outros produtos industrializados como calçados, carros e eletrodomésticos serão beneficiados com a mudança. 

No entanto, alguns produtos produzidos na Zona Franca de Manaus continuarão com a redução de 25%. Nesse caso, aparecem itens como smartphones, motocicletas e câmeras.  

Segundo o governo, a medida tem o objetivo de ajudar na recuperação econômica. É estimado que o corte no imposto reduza a arrecadação federal em R$ 23,4 bilhões em 2022. Estados e municípios também terão redução na arrecadação, já que o IPI é um imposto compartilhado.  

O governo vem publicando decretos para redução do IPI desde fevereiro deste ano (leia aqui). Empresas moveleiras já vinham faturando com IPI reduzido conforme as atualizações de decreto.  

Fontes: 

O Globo  
G1 
Setor Moveleiro 

+ Notícias

Curta e compartilhe!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Indústria moveleira: governo amplia corte no IPI para 35%

On Key

Related Posts

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support