IPI sobre móveis cai para 3,75%

IPI sobre móveis cai para 3,75%

O Governo Federal publicou no dia 25/02/2022, no Diário Oficial da União, o decreto 10.979/2022, que reduz de forma linear em 25% as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Com isso, o IPI sobre móveis cai para 3,75%.  

O decreto entrou em vigor no último dia 1º de março em âmbito nacional. Com a redução, produtos como o MDF e laminados, que tinham taxa de 5% antes do decreto, passam a ser taxados em 3,75%.  

De acordo com o governo, a medida tem o objetivo de impulsionar o parque fabril brasileiro. Além de produtos do setor moveleiro, a redução ainda será sentida em eletrodomésticos e eletroeletrônicos, como micro-ondas, celulares e televisores.  

Vale destacar que, nos últimos dois anos, uma das grandes reclamações e dores por parte de marceneiros (as) e profissionais do setor moveleiro é a alta dos preços do MDF – inclusive foi um dos grandes debates levantados pelo Leo Social recentemente (clique aqui). Com a redução do IPI, a tendência é que os preços diminuam.  

O que é IPI? 

O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) está previsto na Constituição Federal e incide nos produtos industrializados, nacionais e estrangeiros. O período de apuração é mensal. Toda vez que uma mercadoria deixa as fábricas, o IPI é cobrado. 

No caso de produtos importados, a cobrança é feita no momento do desembarque no país. Assim, qualquer mudança no valor das alíquotas desse imposto irá resultar no aumento ou redução do preço final de um produto. 

Fontes: 

Setor Moveleiro
Folha de S. Paulo
Governo Federal

+ Notícias

Curta e compartilhe!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
WhatsApp
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support